Publicado em 22/03/2017 às 18h47

Carlos Pimenta é o novo presidente da Comissão de Saúde da ALMG

Em seu primeiro pronunciamento como presidente, Carlos Pimenta disse que fará um trabalho diferenciado, valorizando mais o Sistema Único de Saúde.

810

O deputado estadual Carlos Pimenta foi empossado nessa quarta-feira, como presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa. É a segunda vez que o parlamentar do PDT comanda uma das comissões mais importantes da Assembleia de Minas. A primeira como presidente foi no início do seu mandato, em 1995. Nos mandatos que se seguiram (ele cumpre o sexto mandato), Pimenta foi vice-presidente em várias legislaturas, além de ter ocupado vários outros cargos.

Em seu primeiro pronunciamento como presidente, Carlos Pimenta disse que fará um trabalho diferenciado, valorizando mais o Sistema Único de Saúde, SUS, alinhando com a Secretaria de Estado de Saúde “para possamos cumprir as determinações de trazer os recursos para atender o nosso povo”, garante. O parlamentar, do PDT revela que pretende ir a todas as regiões do Estado, discutir em cada uma delas, todos os problemas relacionados à saúde e que vai lutar para assegurar todos os recursos a que saúde tem direito. “Não vamos aceitar que a Secretaria de Estado da Fazenda retenha os recursos da saúde para que Minas possa aplicar verdadeiramente os 12%”. lembra

Dentro de um cronograma de trabalho da comissão, o presidente eleito Carlos Pimenta disse que vai dar uma atenção especial ao término das obras dos hospitais regionais, em especial o início da construção do hospital regional de Montes Claros e do de Nanuque.” Queremos também que os hospitais conveniados com o SUS continue recebendo seus recursos para que possam dar um atendimento melhor a nossa população”, revela

Entre outros itens que a comissão de saúde pretende trabalhar em prol do povo mineiro, Pimenta também citou: O fortalecimento de parceria com os municípios nos programas de saúde da família; A distribuição de medicamentos; Fortalecer os programas dos municípios no transporte de pacientes portadores de doenças renais crônicas que precisam de hemodiálise, ou seja, pacientes que são obrigados a saírem de seus municípios para buscar tratamentos fora de seus domicílios; Municípios que precisam de ambulâncias para atender ao sistema de urgência e emergência. E ainda, fortalecer a parceria dos Municípios, do Estado com o Governo Federal nos programas do SAMU para que as ambulâncias possam estar presentes e transportar os nossos pacientes.

Como presidente da Comissão de Saúde, pela experiência de vários mandatos e como médico, Carlos Pimenta pretende trabalhar cada vez mais em prol do povo mineiro para que Minas Gerais possa ser exemplo no atendimento “à nossa população”, finalizou.

 

(Fonte Margarida Magalhães)

Tópicos

veja também


Publicidade

Últimas Notícias