Publicado em 16/12/2018 às 12h12

Eleição da Câmara de Nanuque segue indefinida

Cinco nomes concorrem à vaga de presidente, mas a situação tem que buscar o consenso sob pena de perder a eleição

600

Mesa diretora da atual legislatura, vereadores Valdemar e Marcelo Félix e a presidente Nininha

A eleição que definirá a Mesa Diretora para o próximo biênio 2019/2020, da Câmara Municipal de Nanuque conta com cinco postulantes. As chances da oposição diminuem na medida em que se apresenta com duas candidaturas – Solon Ferreira da Rocha Filho (MDB) e Antônio Carlos Aranha Ruas (PSD). Dessa forma, Roberto de Jesus vislumbra grande chance de, através de seu prestígio, eleger o sucessor de sua aliada Rozilene Ramos de Almeida “Nininha” (PSDB), o que para seu governo, seria altamente interessante. 

A situação, que pleiteia substituir Rozilene, traz na bagagem candidaturas como a do vereador Marcelo Félix, Gilmar dos Santos Pereira “Alemão” e de Elienis Tigre que garantem não abrir mão das candidaturas. “Por falta de opção é que Roberto de Jesus não terá um candidato que defenda seus interesses na Câmara”, disse um frequentador das sessões ordinárias da casa. 

 Vereador Gilmar Alemão (SD)

Vereador Marcelo Félix (DC)

Vereadora Elienis Tigre

A oposição por sua vez, com as duas candidaturas, promete não desistir da disputa. O veterano vereador Solon Ferreira da Rocha Filho e o vereador Antônio Carlos Aranha Ruas juram que permanecerão firmes no objetivo de suceder a atual gestão. 

Vereador Solon Filho (MDB)

Vereador Aranha (PSD)

Solon não para de fazer contas. Ele revela que já conta com o apoio de quatro vereadores e Aranha tem como certo o voto do correligionário de partido, Rufino Caires.  

Desse modo, o prefeito Roberto de Jesus navega em águas calmas, só dependendo das conversas que definirá o nome de consenso. Tarefa difícil já que no bloco governista há nomes que prometem não retirar as candidaturas. Se o prefeito somar os votos dos aliados, a oposição não terá chance de se sagrar vencedora. 

O vereador Marcelo Félix (DC) do partido de Roberto de Jesus, diz que conta com o apoio do prefeito, pois, na eleição da atual Mesa Diretora, abriu mão da disputa para apoiar a atual presidente. 

Gilmar dos Santos Pereira que seu nome na disputa terá a experiência acumulada de seis anos de atuação na Câmara. Ele se vale de muitas conquistas, principalmente nos bairros que representa e como autor de propostas inovadoras, defende o Poder Legislativo com autonomia e decisões firmes.

(Fotos: Iata Anderson)

(Fonte EM TEMPO)

Tópicos

veja também


Publicidade

Últimas Notícias