Publicado em 02/02/2018 às 12h47

INSS vai liberar aposentadoria por tempo de contribuição pela web

A mudança faz parte das mudanças implementadas desde o ano passado para facilitar a concessão de benefícios previdenciários.

88

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai facilitar a concessão da aposentadoria por tempo de contribuição. A partir da segunda semana deste mês, os segurados não precisarão se deslocar até uma agência do INSS para dar entrada no pedido de aposentadoria. O requerimento poderá ser feito pela internet.

A mudança faz parte das mudanças implementadas desde o ano passado para facilitar a concessão de benefícios previdenciários. Desde setembro, o INSS passou a conceder a aposentadoria por idade de forma automática, sem a necessidade de ir até a agência.

Pelo sistema tradicional, o segurado precisa primeiro telefonar ou agendar pela internet um dia e horário para ir até a agência do INSS para entregar os documentos necessários para requerer a aposentadoria. No novo modelo, o segurado que cumprir os requisitos necessários para a aposentadoria entra em contato com o INSS por telefone ou internet e faz a solicitação. Se a base de informações do INSS constatar que o segurado cumpriu as exigências, a aposentadoria é então concedida.

O INSS alerta que por isso é importante que os dados do trabalhador segurado estejam corretos na base de dados. No caso da aposentadoria por idade, o segurado é avisado antes do aniversário que cumpriu os requisitos necessários para o benefício: 15 anos de contribuição e ter 65 anos (homens) ou 60 anos (mulheres). Ele então decide se quer ou não se aposentar por idade. Já foram concedidas 200 aposentadorias por idade de forma automática, sendo que 300 segurados preferiram não dar andamento ao pedido.

Outros benefícios também poderão ser concedidos e realizados automaticamente a partir de fevereiro, como salário-maternidade. Também será possível fazer a atualização de endereço diretamente pelo site do INSS – hoje é preciso ir até uma agência ou ligar para o 135.

(Fonte MSN)

Tópicos

veja também


Publicidade

Últimas Notícias