Publicado em 01/05/2017 às 11h50

Menor passa mal em casa e morre no HPS.

O corpo foi encaminhado para o IML, sendo passado por exames de necropsia e segundo informações a declaração de óbito foi por causa indeterminada.

1034
Uma menor passou mal em casa na madrugada desse domingo (30) em Nanuque, leste mineiro. Sua mãe acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para presta-la os primeiros socorros. A equipe do Samu foi ao local e percebeu que o caso era delicado, encaminhando a menor para o Hospital de Pronto Socorro da cidade.
 
Durante atendimento médico a menor MARIANA RODRIGUES DOS SANTOS, 13 anos, (foto) veio a óbito. A médica de plantão chamou uma guarnição da Polícia Militar e relatou que desconhecia a causa da morte, devendo a menor ser levada para o IML de Teófilo Otoni, para passar por exames necroscópicos para definir a causa mortis.
 
O corpo foi encaminhado para o IML, sendo passado por exames de necropsia e segundo informações a declaração de óbito foi por causa indeterminada. Ainda segundo informações o médico legista recolheu as vísceras da menor, onde serão encaminhadas para Belo Horizonte, para ser analisada em laboratório especializado, que poderá apontar a "causa mortis".
 
A mãe contou que a filha queixou-se de fortes dores de cabeça e havia consumido um comprimido de "neosaldina" para aliviar a dor.
 
A Perícia técnica científica esteve na casa de menor e recolheu o seu aparelho celular para averiguar o conteúdo, tendo em vista que os adolescentes estão se envolvendo em um jogo virtual chamado "Baleia Azul", que tem ceifado a vida de muitos deles, pois, o jogo consiste na execução de 50 desafios onde o desafio final é o autoextermínio. 
(Fonte RADAR 158)

Tópicos

veja também


Publicidade

Últimas Notícias