Publicado em 21/07/2017 às 01h00

Motorista teria passado mal antes de acidente com sete mortos

Ônibus caiu em uma ribanceira depois de passar por uma curva na BR-418

887

O motorista de um ônibus da Viação Itapemirim, que caiu em uma ribanceira na BR-418, na altura de Pedro Versiani, distrito de Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, na tarde desta quinta-feira (20), teria passado mal momentos antes do acidente.

Segundo o Corpo de Bombeiros, esse pode ser o motivo pelo qual o condutor perdeu o controle do veículo quando passava em uma curva num declive. O homem, de 59 anos, teve apenas ferimentos leves. Entretanto, sete passageiros morreram no acidente - quatro homens, duas mulheres e uma criança -, e onze ficaram feridos.

"Ele (motorista) estava muito assustado e relatou ter passado mal", contou o sargento Maicon Gonçalves, dos bombeiros.

Leia: Acidente com ônibus deixa pelo menos sete mortos na BR-418

Alguns sobreviventes foram encaminhados para o hospital Santa Rosália, em Teófilo Otoni. A reportagem de O TEMPO entrou em contato com a unidade de saúde. Um gerente informou que, até o momento, três mulheres chegaram ao local. Uma delas está no bloco cirúrgico por causa de uma amputação que sofreu na perna. O estado de saúde das outras duas ainda não foi informado.

Verônica estava no ônibus, acolhida na residência de Dr. Valter Gonçalves, em Téofilo Otoni.

O ônibus saiu de Nanuque, também no Vale do Mucuri, por volta de 13h, com 10 passageiros, e tinha como destino São Paulo. Durante o percurso, em Carlos Chagas, na mesma região, subiram no transporte mais sete pessoas.

(Fonte O TEMPO)

Tópicos

veja também


Publicidade

Últimas Notícias