Publicado em 18/02/2020 às 14h58

ROBERTO DE JESUS – MAIS UMA DENÚNCIA

O denunciante acusa o prefeito por atos de irresponsabilidade, crime de responsabilidade e quebra de decoro

214

Amarildo Batista dos Santos protocolou, dia 17, denúncia contra o prefeito Roberto de Jesus. O documento foi submetido e aprovado no plenário da Casa com a instalação de uma comissão processante. O denunciante acusa o prefeito por atos de irresponsabilidade, crime de responsabilidade e quebra de decoro.

Amarildo em protesto por salários

Santos alega ainda que Roberto envergonha a cidade. Em seu documento, Roberto de Jesus é acusado de desrespeitar vereadores, funcionários e ministério público colocando, portanto, a cidade de Nanuque no mais baixo nível administrativo. “As cidades de Serra dos Aimorés, Carlos Chagas e Teófilo Otoni estão com suas contas em dia, principalmente a folha salarial”, diz o documento.

Amarildo lembra que Roberto de Jesus celebrou acordo com a Copasa durante o ano de 2017 sem o devido conhecimento da Câmara Municipal – a iniciativa feriu artigos da Lei Orgânica Municipal. Ele diz ainda que Roberto fere o Decreto Lei 201/67 principalmente no tocante ao não cumprimento com as responsabilidades inerentes a pagamentos de funcionários públicos entre outras.

Votaram pelo recebimento da denúncia os vereadores Antônio Carlos Aranha Ruas, Solon Ferreira da Rocha Filho, Rufino de Freitas Caires Neto, Edson Fernandes dos Santos, Gilson Coleta Barbosa, Gilmar dos Santos Pereira, Sidnei Pereira Silva e favoravelmente ao prefeito os vereadores Rozilene Ramos Almeida, Benta Viégas Bouzada, Carlos Lucas do Nascimento, Elienis Oliveira Santos Tigre, Marcelo Santos Félix, Valdemar Favorete de Souza.

A Comissão Processante ficou com os vereadores Carlos Lucas do Nascimento (presidente), Benta Viegas Bouzada (relatoria) e Gilson Coleta Barbosa (membro). A Comissão tem um prazo de 90 para concluir os trabalhos.

(Fonte EM TEMPO)

Tópicos


Publicidade

Últimas Notícias