Publicado em 20/03/2019 às 17h58

Roberto presta contas à Câmara

Prefeito falou, falou, falou, mas não convenceu. Alguns vereadores acham que a administração pública vai de mal a pior pela falta de competência

45

O prefeito de Nanuque, Roberto de Jesus, esteve na Câmara Municipal para fazer a prestação de contas conforme determina a lei.

Na oportunidade, Jesus apresentou números, que segundo ele, justificam as dificuldades encontradas pelo seu governo na administração da cidade.

A reunião foi tensa! Indiretas lançadas pelo prefeito a vereadores no plenário, irritaram profundamente parlamentares que viram na atitude do prefeito uma tentativa de se vitimar ante às dificuldades existentes em sua gestão. Roberto acusou pessoas que usam as redes sociais para ataca-lo. No seu entendimento, são pessoas que querem fazer sangrar sua administração visando futuras candidaturas.

Acompanhado pelo vice-prefeito Benedito Barreto, Roberto disse que o Governo do Estado deve à Prefeitura de Nanuque um acumulado de R$ 10.575.117,20, valor que cobriria um enorme percentual do déficit de sua gestão. Ele também disse que grande parte da dívida municipal não foi contraída em sua gestão e que, o agravamento da crise financeira que se abateu sobre o Estado, o impediu de continuar saneando as contas públicas municipais. Ele disse ter recebido, em 2017, uma prefeitura sucateada e com setores administrativos totalmente se condições de prestar atendimento à população, como foi o caso da Saúde pública. Ele citou o Hospital e Pronto-Socorro Renato Azeredo que não tinha condição de atendimento à população. ‘‘O paciente quando chegava ao hospital, tinha que levar remédio, comida e insumos básicos porque o pronto-socorro não tinha condições de funcionamento. Hoje a realidade é outra e isso, as redes sociais não comentam’’.

MANDELA

O vereador Mandela durante o Grande Expediente apresentou documentos que, segundo ele, davam embasamento às suas críticas. Ele disse, em tom áspero, que o governo municipal não está pagando parte do funcionalismo e fornecedores. O parlamentar disse também que não exerce suas funções de vereador para fazer cara bonita para quem quer que seja. ‘‘Fui eleito pelo povo para trabalhar pelo bem de nossa cidade. Vou exercer minhas funções sempre voltado para o trabalho por uma cidade melhor. Existem servidores municipais que estão passando necessidade, devendo o comércio, com o nome no SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), devendo contas de água e luz, enfim, muitos estão com suas vidas totalmente desarrumadas em virtude de não estarem recebendo seus justos salários.’’

ARANHA

Sob a ótica do vereador Antônio Carlos Aranha Ruas, a cidade vive uma situação histórica. Para ele, Nanuque precisa retomar, com urgência, um novo caminho que a conduza para uma trajetória de progresso, mas antes, é preciso sanear as contas públicas que foram esfaceladas por governos que não administrou a cidade com lisura.

A presença de Roberto de Jesus aqui na Câmara foi muito importante. Ele apresentou números que mostram a realidade contábil do município. A Câmara está preocupada com a situação, entretanto, será preciso que haja um entendimento do Executivo com o Legislativo.

SOLON

O presidente da Câmara Municipal, vereador Solon Ferreira da Rocha Filho, classificou a presença do prefeito como positiva. Em sua fala, Rocha Filho convidou Roberto de Jesus para formalizar um pacto com o objetivo de unir Executivo e Legislativo para o bem de Nanuque. ‘‘Unidos, erraremos ou acertaremos juntos. Do jeito que está, não pode ficar. Nanuque tem solução, mas é preciso exercer a união entre os poderes. De modo que precisamos de união, falar a mesma língua e com isso, as coisas devagar vão se acertar. Estou preocupado com a situação do servidor. A Câmara Municipal estará atenta a tudo o que ocorrer na administração municipal. Nossa função é de fiscalizar o Executivo e, dessa forma, cumpriremos nosso papel. Contudo, estarei torcendo pelo sucesso do prefeito Roberto de Jesus, para que ele conduza nossa cidade no caminho do progresso para assim, conquistar nosso espaço no cenário dos municípios mineiros que passam por boas administrações’’, ressaltou.

(Fonte EM TEMPO)

Tópicos

veja também


Publicidade

Últimas Notícias