Publicado em 12/08/2020 às 10h17

Caixa faz hoje pagamentos diferentes da ajuda de R$ 600; veja quem recebe

O pagamento de hoje também é valido para os nascidos em julho

563

A Caixa realiza nesta quarta-feira (12) o depósito de uma nova parcela do auxílio emergencial de R$ 600. Aniversariantes de julho recebem via poupança digital a 4ª, a 3ª, a 2ª ou a 1ª parcela, conforme a data em que tiveram o cadastro aprovado.

O pagamento de hoje também é valido para os nascidos em julho que entraram no novo calendário em razão de uma das seguintes situações:

1 - Quem contestou a negativa do auxílio entre 24 de abril e 19 de junho e teve o cadastro aprovado recentemente

2 - Quem já tinha recebido parcelas do auxílio, mas teve o pagamento bloqueado em julho após reanálise cadastral

Os beneficiários que recebem o depósito de uma nova parcela hoje só podem movimentar a poupança pelo aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS), que permite pagamento de contas e boletos e compras por meio de cartão virtual. Saques e transferências serão liberados a partir de 27 de agosto para esse grupo.

Veja a seguir os diferentes cronogramas de pagamento e detalhes de como acessar o auxílio emergencial.

Novos pagamentos da 4ª, 3ª, 2ª e 1ª parcela (público geral)

Estes pagamentos valem para quem se inscreveu pelo aplicativo ou site, ou que já estava no Cadastro Único mas não é beneficiário do Bolsa Família. Não vale para quem contestou o cadastro entre 24 de abril e 19 de junho ou para os que tiveram o cadastro bloqueado em julho (essas pessoa devem verificar o novo calendário, mais abaixo)

A parcela depende de quando o cadastro foi aprovado pelo governo, de acordo com o seguinte critério:

1ª parcela: quem teve o cadastro aprovado em julho e não recebeu nenhum pagamento

2ª parcela: quem começou a receber o auxílio entre o final de junho e o começo de julho

3ª parcela: quem começou a receber o auxílio em maio 4ª parcela: quem começou a receber o auxílio em abril

No início de julho, a Caixa mudou a forma de realizar os pagamentos. Antes, cada grupo de aprovados tinha um calendário próprio. Agora, todos os aprovados (menos os do Bolsa Família) recebem juntos conforme o mês de nascimento, no que a Caixa chama de ciclos de pagamento.

Não importa em qual etapa o beneficiário esteja, ele deve receber um pagamento por ciclo até ter completado cinco parcelas, que é o que todo aprovado tem direito.

A cada ciclo há dois cronogramas, ambos levando em conta a data de nascimento do trabalhador.

Na primeira etapa do "Ciclo 1", entre 22 de julho e 26 de agosto, o dinheiro será depositado em uma poupança digital da Caixa e, nesse caso, os valores podem ser usados apenas para pagamento de contas e boletos e para compras por meio de cartão virtual. É necessário usar o aplicativo Caixa Tem (Android e iOS).

A segunda etapa do "Ciclo 1", entre 25 de julho e 17 de setembro, é para o saque do auxílio ou para transferir o dinheiro a outra conta. Veja:

 
Ciclo 1 de pagamentos do auxílio emergencial
 
Beneficiário pode receber 1ª, 2ª, 3ª ou 4ª parcela, conforme a data em que teve o cadastro aprovado. Não vale para inscritos no Bolsa Família
Chart
 
Mês de aniversário
 
Depósito
 
Saque
Janeiro 22/jul 25/jul
Fevereiro 24/jul 1º/ago
Março 29/jul 1º/ago
Abril 31/jul 8/ago
Maio 5/ago 13/ago
Junho 7/ago 22/ago
Julho 12/ago 27/ago
Agosto 14/ago 1º/set
Setembro 17/ago 5/set
Outubro 19/ago 12/set
Novembro 21/ago 12/set
Dezembro 26/ago 17/set
Fonte: Caixa Econômica Federal
 
Como o governo cancelou um antigo calendários de saques, algumas pessoas receberão durante o "Ciclo 1" o depósito de mais uma parcela antes de terem conseguido sacar a parcela anterior. Nesse caso, o beneficiário poderá sacar as duas parcelas juntas na data prevista acima, na coluna da direita, conforme o mês de aniversário.

Calendário para novos aprovados ou desbloqueados

O Ministério da Cidadania divulgou um novo calendário para pessoas que contestaram a negativa entre os dias 24 de abril e 19 de julho e que tiveram o cadastro aprovado recentemente.

O cronograma também vale para quem começou a receber o auxílio em abril mas teve os pagamentos bloqueados em julho após reavaliação do cadastro.

 
(Fonte UOL)

Tópicos

veja também


Publicidade

Últimas Notícias