Publicado em 27/02/2020 às 18h57

MÁ CONSERVAÇÃO DA LMG-719 PREJUDICA A ECONOMIA REGIONAL

DEER tem usado de paliativos ineficazes na tentativa de solucionar um problema que já se arrasta por muito tempo

610

Rodovia estadual que dá acesso ao Norte do Espírito Santo, fecha as portas da cidade e leva perigo aos motoristas.

Buraco na curva, local que já registrou acidente fatal

As condições de infraestrutura da LMG-719, estrada que liga a cidade de Nanuque ao Norte do Espírito Santo e que dá acesso às cidades de Montanha, Mucurici, Pinheiros e São Mateus, passam por momentos críticos.

O motorista que circula pelo trecho enfrenta diversos problemas por causa dos buracos oriundos da má conservação do trecho, principalmente na parte de Minas Gerais. A situação é péssima. Ela oferece riscos de acidentes o que ocasionaria prejuízos envolvendo manutenção de veículos e até mesmo risco de mortes. São apenas 7 Kms, mas o DEER/MG parece não estar preocupado com a manutenção da rodovia. O lado capixaba, recebe reparos adequados por parte daquele governo. Segundo alguns motoristas, está perigoso viajar para o Espírito Santo, através da LMG-719. Ela precisa de melhorias. Trata-se de uma porta de entrada para o Estado de Minas Gerais, fator preponderante para o fomento da economia regional, pois, através dela, existe o fluxo da produção dos dois estados com o escoamento de produção, principalmente do maior exportador de proteína bovina do Estado de Minas – o Frigorífico Frisa. A empresa usa aquele trecho para abastecer a indústria através dos confinamentos que possui e que estão nos estados do Espírito Santo e Minas Gerais.

Motoristas dos dois estados revelam não ter mais condições de trafegar pela LMG-719. Muitos já estão usando as BR’s-418 e 101 para ter acesso à Vitória. “É muito triste investir em regiões que não conta com uma infraestrutura adequada. O Governo de Minas, através do Departamento de Estradas e Rodagens, dá um tratamento inadequado aos pagadores de impostos e isso é extremamente desestimulador. A cidade de Nanuque está esquecida faz muito tempo. O governo só quer nossos impostos, mas não retribui com nada. Nanuque não precisa de migalhas. Aqui temos uma classe empresarial que gera riquezas e que está preocupada com o desenvolvimento do nordeste do Estado, mas o governo parece não perceber esse detalhe”, relatou um produtor rural.

Os buracos daquele trecho já provocaram vários acidentes o culminou com a morte de várias pessoas. Em bom estado, a rodovia oferece uma economia de combustível muito grande. No estado em que se encontra, com mato invadindo a pista e a falta de acostamento, é um cenário ideal para acidentes fatais.

O apelo da população é no sentido de sensibilizar o governo para recuperar a LMG-719 o quanto antes para evitar maiores prejuízos para a economia das cidades envolvidas.

(Fonte EM TEMPO)

Tópicos


Publicidade

Últimas Notícias