Publicado em 22/09/2016 às 14h25

Ônibus que seguia de Nanuque para São Paulo é atingido por tiros na BR-116

De acordo com a PRF, o motorista acredita que não seja uma tentativa de assalto porque reduziu a velocidade e os indivíduos não tentaram abordar o ônibus.

853

Um ônibus da Viação Kaissara, que saiu de Nanuque (MG) com destino a São Paulo (SP), foi alvo de tiros, nesta noite de terça-feira, 30 de agosto, por volta das 20h, na BR-116, em Inhapim. No ônibus estavam aproximadamente 20 passageiros e não houve feridos. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que os disparos de arma de fogo aconteceram na altura do km 494, próximo ao Posto Faisão. O crime foi praticado por dois homens que estavam a bordo de uma motocicleta Honda CG Titan de cor azul.

O ônibus foi escoltado até o posto da PRF, em Caratinga, onde foi feito o registro do Boletim de Ocorrência (BO). No veículo ficaram três marcas de tiros na parte frontal. O Super Canal conversou com uma das passageiras que viajava no ônibus. Lenice Bidoni relatou que na hora do ocorrido suspeitou que o pneu do ônibus tivesse estourado e depois ficou apavorada ao saber o que realmente havia acontecido.

“Eu conversava com os outros passageiros e na hora a gente escutou um barulho. Pensamos que o pneu pudesse ter estourado. Quando vimos que o motorista havia parado e estava andando muito devagar, eu fui até a cabine e vi o motorista falando ao telefone. Eu bati na porta, o motorista abriu e falou que tiros tinham acertado o ônibus. Eu avisei o pessoal e ficamos em pânico”, contou. A empresa disponibilizou outro ônibus para que os passageiros pudessem seguir viagem.

O policial rodoviário federal Antônio Neto deu detalhes sobre o registro da ocorrência. Segundo o agente da PRF, o motorista relatou que quando passava pela cidade de Dom Cavati, ele visualizou pelo retrovisor direito uma motocicleta que tentava fazer uma ultrapassagem pela direita. Os indivíduos não concluíram a manobra e foram para a traseira do ônibus.

“Ele [motorista] achou estranho a atitude destes dois indivíduos de motocicleta e eles foram seguindo o ônibus até a região do Posto Faisão. Foi neste momento que ele reduziu a velocidade para 60 km/h e a motocicleta ultrapassou. O garupa virou para trás e sacou um revólver do bolso de sua jaqueta, efetuando três disparos contra o ônibus”.

De acordo com a PRF, o motorista acredita que não seja uma tentativa de assalto porque reduziu a velocidade e os indivíduos não tentaram abordar o ônibus. O caso será investigado pela Polícia Civil. Quem tiver mais informações sobre as características da moto ou dos indivíduos, que possa ajudar a polícia a identificar e prender os suspeitos, pode ligar para o 191 e falar com a PRF.

(Fonte Aconteceu no Vale)

Tópicos

veja também


Publicidade

Últimas Notícias