Publicado em 06/02/2019 às 19h35

MUCURI PODE TER CARNAVAL SUPERFATURADO

Mano Walter contratado a preço de Safadão

1261

O prefeito de Mucuri, Carlos Simões, homologou o Processo de Inexigibilidade de Licitação, que foi publicado no Diário Oficial do Município em 05 de fevereiro de 2019, um contrato de apresentação artística do cantor Mano Walter, por um valor absurdo de R$280 mil.

CONTRATAÇÃO DE MANO WALTER POR R$280.000,00

Os recursos do município estão escorrendo pelo esgoto, a população reclama da falta de atendimento médico, remédios nos posto de saúde, reformas das escolas municipais, além da péssima infraestrutura da cidade. “Em todos os períodos de festas, a prefeitura de Mucuri despeja milhares de reais pelos ralo, eles adoram essas épocas para sumirem com os recursos que deveriam ser investidos na população”, reclama um mucuriense.

O PREFEITO SIMÕES E A PRIMEIRA DONA CLEUDI - FOTO DIVULGAÇÃO CARNAVAL

Para um outro morador que não quis se identificar, indagou o porquê dos vereadores não tomarem as devidas providências e assumirem seus postos de fiscais do povo. “Eles tem de lembrar daquele ano, onde quase todos dormiram na cadeia e perderam seus mandatos, se continuar assim, deverá acontecer o mesmo, a justiça tarda mais não falha”, disse.

Só para ter um parâmetro, o cache de Mano Walter, em contratações em seu período tradicional, pois não é artista carnavalesco, foi em torno de R$110.000,00, valor pago pela prefeitura de Jeremoabo na Bahia, em junho de 2018, festa junina.

Em junho a prefeitura de Maracanaú, no Ceará, por indicação de emenda parlamentar que serviu para pagar a 13.ª edição da Festa de São João da cidade, o show de abertura coube a Wesley Safadão, famoso por hits como Aquele 1% e Ar Condicionado no 15. Ele cobrou R$ 246 mil pela apresentação.

HOMOLOGAÇÃO DE LICITAÇÃO DE TAYRONE POR R$150.000,00

Um outro valor que a população considera uma aberração, diz respeito a contratação de Tayrone Cigano. O valor do contrato é de R$150.000,00 por uma apresentação no dia 04 de março, uma segunda feira de carnaval. “Para um show de segunda de carnaval, não poderia ser gasto mais de 30 mil reais, esse valor já seria um absurdo pelo o que está passando o município, porém em se falando da atual administração, o valor foi até pequeno”, comentou um morador, revoltado.

(Fonte EM TEMPO)

Tópicos

veja também


Publicidade

Últimas Notícias