Publicado em 18/03/2021 às 14h07

Comida na Mesa: Prefeitura de Mucuri incentiva agricultura familiar e inicia Programa de Aquisição de Alimentos

Produtores familiares da Comunidade Jacutinga, que participam do programa, fornecem bolos, aipim, laranja, limão, abóbora, cebolinha, maracujá, abacate, quiabo, dentre outros itens produzidos por eles

132

Em sua primeira edição no município de Mucuri, iniciada na primeira semana do mês de março de 2021, o PAA - Programa de Aquisição de Alimentos já atendeu mais de 80 famílias com kits de alimentos produzidos pela Associação dos Pequenos Produtores Rurais Jacutinga-I. Os alimentos são distribuídos às famílias cadastradas e atendidas pelo CRAS -  Centro de Referência da Assistência Social.

De acordo com a secretária Municipal de Assistência Social, a advogada Vanessa Porto Figueiredo, o PAA possibilita a inclusão social do pequeno agricultor, que vende a sua produção ao programa por um preço justo, eliminando a figura do atravessador. “O PAA não só contribui com o fortalecimento do pequeno agricultor, mas também possibilita a comida na mesa de centenas de pessoas em situação de vulnerabilidade social, atendidas pelas Governo Municipal através do CRAS. Portanto, é mais um programa que tem recebido atenção especial da Prefeitura de Mucuri, visto que contribui com a inclusão social e representa um reforço à alimentação das famílias atendidas”, destacou a secretária. 

Segundo a secretária Vanessa Porto, a ideia do prefeito Roberto Carlos Figueiredo Costa “Robertinho” (DEM) é ampliar o programa para atender o maior número possível de famílias – com comida na mesa - e, consequentemente, beneficiar mais produtores rurais, incentivando, assim, a agricultura familiar. A secretária explica que o programa permite que a Prefeitura Municipal compre alimentos dos pequenos produtores - com dispensa de licitação - inscritos no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF).



Produtores familiares da Comunidade Jacutinga, que participam do programa, fornecem bolos, aipim, laranja, limão, abóbora, cebolinha, maracujá, abacate, quiabo, dentre outros itens produzidos por eles. “O programa é muito bom porque é uma oportunidade para nós, agricultores familiares, para vender diretamente ao Governo Municipal sem atravessador, o recurso entra direto na conta da nossa associação. Mesmo com essa pandemia, a gente não parou de trabalhar e, por isso, esperamos produzir muito mais”, disse o agricultor Abílio de Deus.


Para a coordenadora Municipal do CRAS, Leonice Bittencourt, o PAA - Programa de Aquisição de Alimentos é de grande importância, principalmente, nesse momento de pandemia e escassez.  “É um programa que, de um lado, oportuniza ao pequeno produtor rural, que seja bem pago pela sua produção e, do outro lado, permite que várias famílias sejam atendidas com comida na mesa por meio de produtos produzidos organicamente. Isso significa mais dignidade para todos”, lembrou a coordenadora Leonice.

(Fonte ASCOM/PMMUCURI)

Tópicos

veja também


Publicidade

Últimas Notícias